Luis Segadas

arte estranha

#eQüevo

scovino 154

A catação é uma prática cultural global. Em diferentes lugares, o olhar universal, interessado no resto da sociedade, ainda é sinônimo de exclusão e marginalidade porque surgiu na miséria e não por alguma política pública. Por outro lado, esta cultura popular não consegue dar vazão ao volume de resíduos que evoluem em progressiva deterioração do ambiente, gerados pela indústria do desejo de consumo. O que está em questão é a maneira de viver daqui em diante sobre este planeta. Ao explorar poéticas com estes insumos da contemporaneidade, a pesquisa elege a tampa plástica como o agente poético, banal e global, e pergunta até onde o campo da arte consegue contrapor a indústria do pensamento, agindo na compreensão de uma cadeia invisível de produção/circulação onde todos participam?

%d blogueiros gostam disto: